Uma mulher de 34 anos foi detida nesta quinta-feira (25) suspeita de desviar mais de R$50 mil das contas da companhia da qual era funcionária administrativa.

Com ela, a Polícia Civil recuperou diversos objetos roubados de uma empresa do ramo de vestuário e acessórios. A ex-empregada que revendia as peças pelo Facebook .

De acordo com as investigações ela desviou a quantia para a sua conta pessoal e também embolsou valores destinados à pagar débitos fiscais e trabalhistas da empresa.

“A audácia da investigada era tamanha que ela utilizou a conta bancária da empresa para pagar suas próprias contas pessoais como conta de luz, conta de telefone e até mesmo conta do aluguel do imóvel em que reside”, contou o delegado Eduardo Figueiredo.

Foram cumpridos os mandados de busca e apreensão na casa da investigada, bem como o mandado de condução coercitiva, onde a suspeita foi ouvida oficialmente.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão foram localizados diversos produtos subtraídos da empresa vítima e documentos contábeis da companhia que a investigada também teria subtraído com fim de acobertar as fraudes.

As investigações duraram cerca de dois meses e o delegado conseguiu ainda a quebra do perfil do Facebook utilizado pela investigada para vender as peças que pertenciam a empresa.

A sócia da empresa vítima reconheceu as peças encontradas na casa. As investigações continuam e o inquérito deve ser concluído em breve.

A suspeita foi ouvida pela polícia e liberada.