Não é todo dia que um ex-policial militar, com sintomas de embriaguez, estaciona irregularmente o seu veículo em uma delegacia de polícia e desacata a corporação. O caso aconteceu na manhã desse domingo (9), em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O homem, servidor exonerado do Rio de Janeiro, foi preso e teve o carro e a CNH apreendidos. 

De acordo com informações da Polícia Militar, o ex-PM, de 50 anos, parou sua Ford Ranger no estacionamento da Área Integrada de Segurança Pública (AISP), localizada no bairro Novo Eldorado, em Contagem, por volta das 7h20. 

Ao estacionar o carro, o motorista acabou passando por cima de um transformador elétrico da unidade policial - que ficou danificado -, bloqueando a circulação de automóveis particulares (de propriedade dos policiais militares e civis que lá trabalham) e de viaturas. 

Os militares tentaram convencê-lo a retirar o carro, mas sem sucesso. Mesmo com ordem de retirada, o homem teria se negado e ainda desacatado os profissionais. A corporação precisou utilizar de força moderada para contê-lo, algemá-lo e prendê-lo. 

Em determinado momento, o ex-PM (que teve a identidade e a expulsão confirmadas diretamente com a Polícia Militar do Rio de Janeiro) afirmou: "bebi e, assim que sair daqui, vou beber mais". 

O homem tinha sintomas de embriaguez, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro. Por essa razão, teve a CNH e o carro apreendidos.   

Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Contagem. 

A Polícia Militar do Rio de Janeiro não informou o motivo da expulsão do homem da corporação fluminense.