A Polícia Civil informou que o ex-prefeito de Taiobeiras, Joel da Cruz Santos, oferecia dinheiro para abusar sexualmente de crianças e adolescentes. O crime, de acordo com a corporação, acontecia na cidade da região Norte de Minas.

As investigações apontam que em alguns casos as mães teriam participado do esquema, levando os próprios filhos para que o político cometesse os atos libidionosos. Por isso, além do ex-prefeito, duas mulheres também foram presas.

Ex-prefeito de Taiobeiras é preso suspeito de abuso sexual de crianças e adolescentes

Até o momento, segundo a polícia, seis vítimas já foram identificadas.“Outras vítimas já estão sendo ouvidas e um novo inquérito será instaurado. Com a prisão do ex-prefeito, esperamos que novas vítimas possam comparecer até a delegacia para denunciá-lo”, comentou o delegado Alessandro Lopes.

Santos estava foragido desde outubro de 2015, quando a Justiça expediu mandado de prisão preventiva. Ele foi localizado e detido em uma fazenda na cidade de Curionópolis, no Pará.

O ex-prefeito vai responder pelo crime de estupro de vulnerável e exploração sexual de criança e adolescente. O político está recluso no Presídio Regional de Montes Claros.