Os atrasos estão quase sempre entre as principais justificativas dos motoristas que cometem infrações. E neste fim de ano, muita gente deve ficar atenta para evitar multas e acúmulos de pontos na carteira. 

Policiais reforçam a fiscalização nos centros urbanos e rodovias para coibir as irregularidades. E na corrida contra o tempo, motoristas podem cometer infrações que, além das multas, colocam em risco a vida das pessoas como os excessos de velocidade, avanços de sinal e uso do celular enquanto dirige. 

Um levantamento do Detran-MG aponta as principais infrações cometidas nas ruas de Belo Horizonte entre janeiro e setembro de 2016.

Confira o ranking das infrações:

01. Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20% - 335.093 
02. Avançar o sinal vermelho com fiscalização eletrônica -  97.842
03. Trânsitar na faixa ou via exclusiva para ônibus - 82.683
04. Multa por não idetificação do motorista infrator destinada a pessoa jurídica - 51.976
05. Estacionamento irregular em rotativo - 31.315
06. Dirigir falando ao celular - 27.432
07. Estacionar em local proibido pela sinalização - 22.774
08. Transitar com velocidade superior a máxima, entre 20% e 50% - 22.115
09. Deixar de efetuar registro de veículos na transferência, em 30 dias - 20.640
10. Estacionar em vaga de carga e descarga - 14.509

Fonte: Detran-MG

Leia mais:
Reajuste nas multas não inibe infrator

Radares flagram mais de 11 mil infrações em estradas às vésperas do fim do ano
Multas de trânsito ficam mais pesadas a partir de hoje; a mais alta ultrapassa os R$ 17 mil