Ser ativo fisicamente é essencial para a saúde, mas, neste período de isolamento social, torna-se ainda mais necessário. Se para manter o coração saudável são recomendados exercícios físicos em, pelo menos, três dias por semana, o cérebro, orienta o psiquiatra João Eduardo Mendonça Vilela, pede que nos exercitemos todos os dias.

E, para mantermos uma rotina de atividades diária, garante a educadora física Raquel Carvalho, não é necessária uma estrutura de academia ou aparelhos específicos. 

“Um pouco de espaço, disciplina e vontade de treinar bastam. O treino com peso corporal ou implementos leves em casa é muito efetivo, basta ser bem ajustado e dosado, de acordo com a individualidade biológica de cada um”, indica. 

Como exemplos de exercícios que podem ser executados em casa, com o peso do próprio corpo, Raquel Carvalho aponta agachamento, flexão de braço e abdominais. “Reserve um tempo no seu dia para se exercitar e estabeleça objetivos possíveis. Minha sugestão é sempre procurar a orientação de um profissional”, ressalta a profissional, especialista em musculação.

“É possível treinar em basicamente qualquer lugar e ter ótimos resultados, desde que haja um bom planejamento. Cada pessoa é única, portanto, o treino deve ser individualizado”, alerta ainda.

Equipamentos acessíveis

Para quem quer mais recursos para se exercitar, Raquel Carvalho indica equipamentos acessíveis, que ela mesmo diz usar em casa, como conjunto de elásticos, corda, TRX. 

“Tenho indicado bastante esse kit para meus alunos de consultoria on-line e posso afirmar que é muito eficiente”. 

Quem não puder comprar agora pode usar opções como baldes, embalagens de água e outras. “Além do peso próprio corpo, que, quando bem utilizado, já é suficiente para treinar bem”, reafirma. 

Alongamentos

A profissional salienta que, assim como a prática de exercícios físicos, os alongamentos são essenciais para o bom funcionamento do corpo. “Fazer alongamentos em casa ajuda a reduzir a tensão muscular, a deixar os movimentos mais soltos e leves, a ativar a circulação. Vale a pena reservar um horário do dia se alongar”, aconselha.

Para os alongamentos é importante procurar um ambiente tranquilo e mais confortável. Os movimentos devem ser feitos de forma lenta e suave, com o cuidado de respirar de maneira calma e profunda, e respeitando os limites do corpo.