Uma explosão na fábrica de fogos de artifício São Miguel, no município de Santo Antônio do Monte, na região Centro-Oeste de Minas, deixou uma pessoa morta no início da tarde desta segunda-feira (25). Não houve outras vítimas.

Um homem de 51 anos, que trabalhava no momento da ocorrência, morreu antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da cidade, que foi acionado para fazer o socorro da vítima.

Segundo a Polícia Militar de Santo Antônio do Monte, que acompanha os trabalhos, a perícia da Polícia Civil foi acionada para ajudar a investigar o motivo da explosão.

O Sindicato dos Trabalhadores das Fábricas de Fogos de Artifício em Santo Antônio do Monte (Sindifogos) informou que vai aguardar o resultado da perícia para saber quais providências devem ser tomadas.

Recorrente

Ocorrências do tipo no município são constantes, já que a cidade é responsável por quase 90% de toda a produção de fogos de artifício no Brasil. Só ano passado, quatro pessoas morreram e uma sofreu queimaduras em 70% do corpo em decorrências de explosões.

As fábricas de fogos de artifício do país são autorizadas a funcionar e fiscalizadas pelo Exército Brasileiro. Porém, em Santo Antônio do Monte, o posto de fiscalização de produtos controlados do órgão foi fechado em julho de 2016 por conta do fim contrato firmado entre o Exército e a prefeitura do município.

Leia mais:

Incêndio destrói depósito de materiais recicláveis em Betim

Dois ônibus ficam destruídos em incêndio em Piranguinho, no Sul de Minas

Carreta com combustível tomba na BR-262 e interdita trânsito