O período chuvoso está só começando e a cidade de Ninheira, no Norte de Minas, que decretou situação de emergência por causa da seca, está também na lista daquelas que foram afetadas pelos temporais. O decreto da estiagem foi em 27 de maio e termina neste sábado (23).  Já o de chuva foi feito no dia 25 de outubro e vai até abril de 2020. E os moradores de Ninheira ainda podem sofrer com novos temporais. É que há previsão de chuva na região Norte e Nordeste na última semana de novembro. 

Segundo o meteorologista Clademir de Azevedo, do Instituto Nacional de Meteorologia (InMet), a chuva pode dimunir um pouco no fim de semana, mas volta com força no início da próxima semana. "A tendência é que novembro termine chuvoso em praticamente todas as regiões do Estado. Além do Norte e Norteste, há previsão de chuva significativa nas regiões Central, Metropolitana, Oeste e Triângulo".

Este ano, outras cinco cidades também decretaram S.E. por causa dos temporais: Santa Rita do Sapucaí, Itabirito, Viçosa, Rio Acima e Córrego Novo. Nesses locais, foram registrados alagamentos, granizo e tempestades.

Em Belo Horizonte, a tarde desta sexta-feira foi de forte chuva em alguns pontos da cidade. A Defesa Civil chegou a emitir alerta de granizo e temporal até 8h da manhã deste sábado (24). A chuva deve vir em pancadas com raios e rajadas de vento em torno de 50 km/h. 

os municípios que decretaram situação de emergência por causa da seca chegam a 147.  

Leia mais:
Projeto leva água potável a 2 mil mineiros nos vales do Jequitinhonha e Mucuri
Defesa Civil alerta para possibilidade de chuva de granizo em BH nesta sexta