Um homem suspeito de usar as redes sociais para propagar difamações contra pessoas e políticos de Pirapora, no Norte de Minas, foi preso na última quarta-feira (8), na cidade. O detido, de 39 anos, usava o nome de "Joesley Batista". 

De acordo com a Polícia Civil, as investigações tiveram início em janeiro deste ano após denúncias de vítimas do difamador. Na ocasião, a PC verificou que o homem publicava fatos falsos envolvendo pessoas de prestígio na cidade, incluindo políticos, no Facebook desde 2016. 

Em um dos casos, ele chegou a afirmar na rede que algumas pessoas estariam tendo relacionamentos extraconjugais.
 
Diante disso, a Polícia Civil em Pirapora requereu, junto à Justiça, autorização para que a rede social informasse todos os dados da conta usada pelo homem. De posse das informações, os investigadores chegaram ao autor. 

Segundo os agentes, o homem não possuía passagem policial e negou os crimes de difamação. Com ele, estava uma mochila com com munição para arma de fogo. 

PC

Munição foi encontrada com o homem

A Polícia Civil aproveitou para alertar a possíveis vítimas de publicações de “Joesley Batista” que procurem a Delegacia para a representação criminal.