Um homem foi preso no hipercentro de Belo Horizonte nesta nesta quinta-feira (26), ao se passar por policial civil e extorquir vendedores ambulantes. Cleudistone Rodrigues de Souza, de 24 anos, começou uma discussão com um dos vendedores, próximo ao Shopping Oiapoque, no momento em que policiais do 1º batalhão da PM passavam pelo local. Ao perceber a presença dos militares, o homem começou a correr e foi preso próximo ao viaduto do bairro Floresta e foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia Civil.
 
Para se identificar como policial, o suspeito apresentava uma arma e algemas, objetos que também foram apreendidos. Segundo testemunhas, o homem abordava os comerciantes e exigia dinheiro para não recolher os produtos. A discussão da manhã desta quinta-feira teria se iniciado justamente quando um dos vendedores se negou a pagar o valor exigido por Cleudistone. 
 
Ao ser preso, o suspeito alegou que tinha comprado um celular no local e que teria voltado para reaver seu dinheiro porque o aparelho estaria com defeito. O homem já tinha passagem pela polícia por não pagamento de pensão alimentícia.