Comerciantes de uma loja de pesca levaram um susto ao abrirem o estabelecimento, localizado na rua dos Caetés, no Centro da capital, na manhã desta terça-feira (12). Segundo a Polícia Militar, havia um buraco na parede, provavelmente feito para prática de furto.

Marina Oliveira, atendente de uma loja vizinha à empresa de pesca, afirmou que as prateleiras onde ficavam as armas e facas à venda estavam vazias nesta manhã. Segundo ela, a suspeita é que os criminosos tenham se disfarçado de moradores de rua. "Eles colocam uma caixa de papelão. Um fica vigiando a polícia e o outro faz o serviço", disse. 

Ainda segundo a comerciante, embora a loja em que trabalha tenha portões reforçados, câmeras e alarme, o método ilícito utilizado pelos suspeitos assusta a todos. "A parede deles dá acesso para a nossa. E se eles fazem um buraco e acessam a gente aqui?", contou. 

A Polícia Militar esteve no local nesta manhã, juntamente com peritos da Polícia Civil. A reportagem tentou contato com os proprietários da empresa afetada, mas não obteve retorno.