A família de um funcionário de banco, de 45 anos, ficou por três horas em cárcere privado na noite de quinta-feira (16). Os bandidos queriam ajuda do homem, que é supervisor de uma agência, para assaltá-la na manhã desta sexta-feira (17), em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 19 horas, três homens entraram na casa da família, sendo que dois deles estavam armados. Eles disseram que já vinham acompanhando a rotina do funcionário do banco e que queriam a ajuda dele para cometer o assalto logo pela manhã. Diante da negativa da vítima, outros dois homens armados chegaram no local para pressioná-lo.

Além do alvo dos assaltantes, estavam na casa a esposa e a mãe dele, que ficaram trancadas no quarto. Quando os bandidos notaram que a chave do cofre não estava com ele, foram embora sem deixar rastros. Vizinhos afirmaram que os homens estariam em um Palio prata com placa de Belo Horizonte. Até o momento, ninguém foi encontrado. Não houve feridos.