Famílias em vulnerabilidade social e famílias de estudantes da rede municipal de ensino de Belo Horizonte podem consultar, a partir deste sábado (3), o local e a data para retirada de cestas básicas e kits de higiene que serão entregues pela prefeitura da capital mineira neste mês de abril. Familiares de alunos de Betim, na Grande BH, também receberão um benefício.

Na capital, é preciso acessar o portal da PBH e informar o número do CPF ou cadastro da matrícula para ter acesso às informações. A plataforma indicará a data, horário, endereço da loja e o número do voucher que deve ser apresentado junto com um documento de identificação no momento da retirada da cesta e do kit.

É importante que o benefício seja retirado no mesmo dia informado no voucher, para que sejam evitadas aglomerações ou impacto na logística de distribuição dos insumos.

Além de estudantes da rede municipal e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), com matrícula ativa em 2020, também são beneficiadas as famílias cadastradas no CadÚnico até o dia 31 de março de 2020 e tenham renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa, além de famílias residentes em Vilas, Favelas, Ocupações Urbanas e Conjuntos Habitacionais também inscritas no CadÚnico, no Sistema SUS-BH ou em programas e cadastros da Urbel. Confira todas as pessoas que têm direito ao benefício aqui.

Em Betim

Em Betim, é preciso que as famílias dos estudantes da rede municipal façam um cadastro no site da Secretaria Municipal de Educação até o dia 7 de abril. As famílias sem acesso à internet podem solicitar os kits de forma presencial, nos dias 5, 6 e 7 de abril, das 9h às 15h, nas dez regionais administrativas da cidade.

Para inscrição presencial é necessário apresentar o documento de identidade do responsável familiar e do aluno, devendo o responsável levar certidão de nascimento ou documento que identifique o estudante, bem como a escola e o ano de ensino no qual está matriculado.

O preenchimento do formulário, seja eletrônico ou de forma presencial, corresponde à etapa do processo de inscrição. O responsável de cada família deverá declarar os dados solicitados, não deixando de observar todas as recomendações em destaque a cada campo. É permitido o registro de apenas uma ficha por criança. No caso de haver mais de uma criança matriculada em escola da Rede Municipal na mesma família, o preenchimento de uma nova ficha deverá ser feito.

Terão direito ao benefício todos os cerca de 59 mil estudantes matriculados nas escolas municipais de ensino fundamental, Centros Infantis Municipais (CIM’s), creches parceiras e estudantes da EJA (Educação de Jovens e Adultos). Cada família terá direito a receber um kit por aluno matriculado.

Leia mais:
Corpos de idosos vítimas da Covid são trocados por funerária e família enterra pessoa errada em BH
Minas registra 320 óbitos por Covid em 24 horas e mortes pela doença passam de 25,5 mil
Covid-19: ex-prefeito de Janaúba e filho morrem no mesmo dia no Norte de Minas