Cerca de 300 famílias ocuparam neste sábado (24) um terreno baldio na região do Barreiro, em Belo Horizonte. O local foi batizado como Comunidade Professor Fábio Alves. Com faixas, cartazes e lonas, os manifestantes pedem que o terreno seja cedido a famílias sem teto.

Segundo uma manifestante, que pediu para não ter o nome divulgado, a área estaria abandonada e seria de propriedade da Prefeitura de Belo Horizonte. “Nada está sendo feito no local e aqui há pessoas que não tem onde morar e precisam de uma assistência do poder público”, disse.

Segundo a Polícia Militar, as famílias chegaram durante a madrugada e montaram barracas de lona.

A Guarda Municipal e a PM estão no local e acompanham a situação que ocorre de maneira pacífica. Ainda de acordo com militares, representantes da fiscalização da PBH e da Urbel também estão no terreno na tentativa de entrarem em acordo com os manifestantes.