Cerca de 40 pessoas foram evacuadas do distrito de Gameleira, em Florestal, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa segunda-feira (17), devido ao risco de rompimento de uma barragem de água da Fazenda Onorí. Não há vítimas ou danos registrados até a manhã desta terça-feira (18).

Uma equipe da Defesa Civil Estadual segue para o município para acompanhar o caso. Nessa segunda, uma força-tarefa municipal, que incluía um engenheiro e agentes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, vistoriou o local e confirmou o risco de rompimento.

Por essa razão, os moradores das casas mais próximas de ambos os lados de uma rodovia que corta o distrito foram orientados e se deslocaram para uma pousada próxima enquanto outros seguiram para casas de parentes. A medida foi preventiva.

De acordo com o laudo, o barramento de uma das represas apresentava risco geológico, com percolação (infiltração), abatimentos de solo, erosão e surgimento de trincas no terreno, que estava encharcado. Além disso, a equipe multidisciplinar averiguou que a água estava passando para o outro lado do barramento da represa. Outros três reservatórios da mesma propriedade foram periciados.

Segundo o coordenador adjunto da Defesa Civil em Minas, Flávio Godinho, o proprietário da fazenda onde estão as represas foi orientado e se comprometeu a realizar o esvaziamento seguro de todas elas. O fazendeiro também se comprometeu a realizar obras supervisionadas por engenheiros competentes para garantir a segurança de operações dessas represas.