Quase 48 horas sem água nas torneiras. Esse é o cenário de milhares de moradores de Belo Horizonte, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e Vespasiano que tiveram o fornecimento suspenso no último domingo (23). Mas segundo a Copasa, o drama dessas famílias está com as horas contadas para terminar.

A companhia garantiu, na manhã desta terça-feira (25), que concluiu a obra de reparo na rede de abastecimento que passa sob a avenida Padre Pedro Pinto, na região de Venda Nova, e que o fornecimento de água começou a retornar para os moradores nesta madrugada. 

Em nota, a Copasa informou que o abastecimento de todos os afetados "será completamente restabelecido até o fim do dia". Esse foi o terceiro prazo estipulado pela empresa. Ela já havia dito anteriormente que a água voltaria na madrugada de segunda (24) e de terça.

Transtorno

O fornecimento de água foi suspenso após um vazamento na avenida Padre Pedro Pinto. Para fazer o reparo de emergência, a Copasa teve que abrir uma cratera na avenida, que precisou ser interditada no sentido Centro. Ainda por causa da obra, o trânsito teve que ser alterado no trecho e várias linhas de ônibus mudaram o itinerário. 

A BHTrans, empresa que gerencia o trânsito na capital mineira, disse que a obra foi concluída no fim da noite de segunda e a pista totalmente liberada às 21h45. Nesta manhã, não há registro de engarrafamento no trecho.

Confira abaixo os bairros afetados pelo desabastecimento:

  • Belo Horizonte: Aeroporto, Apolônia, Braúnas, Campo Alegre, Canaã, Candelária, Cenáculo, Céu Azul, Conjunto Minas Caixa, Copacabana, Etelvina Carneiro, Europa, Floramar, Frei Leopoldo, Garças, Granja Werneck, Guarani, Heliópolis, Itapoã, Jaqueline, Jardim Atlântico, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Felicidade, Jardim Guanabara, Jardim Leblon, Juliana, Lagoa, Lagoinha Leblon, Letícia, Madri, Mantiqueira, Maria Helena, Mariquinhas, Minas Caixa, Parque São Pedro, Piratininga, Planalto, Rio Branco, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Monica, São Bernardo, São João Batista, São Tomaz, Satélite, Serra Verde, Solimões, Trevo, Tupi A, Tupi B, Venda Nova, Vila Aeroporto, Vila Clóris, Xodó - Marize e Zilah Spósito.
  • Ribeirão das Neves: Lidic e Toni.
  • Santa Luzia: Asteca, Baronesa, Belo Vale, Castanheira, Chácaras Recanto Flamboyant, Chácaras Santa Inês, Cristina, Duquesa I, Duquesa II, Frimisa, Liberdade, Londrina, Luxemburgo, Maria Antonieta, Monte Caro, Morada do Rio, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora do Carmo, Nova Conquista, Nova Esperança, Novo Centro, Perola Negra, Ponte Grande, Pousada Del Rey, Rio das Velhas, São Benedito, São Cosme, São Cosme de Cima e São João Batista.
  • Vespasiano: Bernardo de Souza, Gávea, Gavea II e Santa Clara.

Leia mais:
Obra emergencial da Copasa interdita avenida Padre Pedro Pinto, em Venda Nova
Retorno de fornecimento de água previsto para segunda é adiado pela Copasa; veja bairros afetados
Abastecimento de água na Grande BH só será normalizado na segunda-feira