Treze funcionários de uma fazenda de Rio Paranaíba, no Alto Paranaíba, viveram momentos de terror depois que a residência rural foi invadida por dez homens armados e encapuzados.

De acordo com relatos das vítimas aos policiais militares de São Gotardo, cidade vizinha, por volta de 21 horas dessa quinta-feira (20), o grupo entrou na fazenda e obrigou que todos enchessem dois caminhões com agrotóxicos de alto valor. Em seguida, os trabalhadores foram trancados em galpão da fazenda, que fica às margens da BR-354 e pertence ao grupo Sekita, especializado no plantio de cenoura. Na sequência, os suspeitos fugiram levando os dois caminhões, além de Uno e Gol de funcionários.

Após a fuga, que só ocorreu por volta das três da manhã desta sexta-feira (21), um dos trabalhadores conseguiu arrombar a porta do galpão e acionar a polícia às 5h.

Durante a realização de rastreamento, o Gol foi achado abandonado em Franca, em São Paulo, e o Uno ainda nas proximidades da fazenda. Entretanto, os dois veículos de carga e os suspeitos ainda não foram localizados.

Nenhuma vítima foi ferida e o caso será investigado pela Polícia Civil. O valor do prejuízo sofrido pelo dono da residência rural não foi informado.