Ao ser abordado por três homens armados que cobravam uma dívida com um frigorífico, um fazendeiro reagiu usando uma espingarda e acabou matando um dos suspeitos e ferindo outro, na tarde desta quinta-feira (30), na zona rural de Campina Verde, no Triângulo Mineiro. O dono do terreno onde o crime aconteceu fugiu após o tiroteio e ainda não foi localizado pela polícia. 

O registro inicial da Polícia Militar (PM) dá conta de que o trio chegou até uma área conhecida como "Fazendinha", para cobrar a dívida do fazendeiro com um frigorífico da cidade de Ituiutaba, cidade da mesma região que fica a cerca de 1h do local.

Segundo o relato do caseiro, que pediu para não ter o nome publicado, os homens estariam indo constantemente ao local, sempre procurando pelo fazendeiro. Entretanto, nesta quinta o trio chegou armado e rendeu o funcionário, apontando armas.  Em seguida, o trio foi até a sede da fazenda, tendo sido surpreendido pelo proprietário, que estava armado de uma espingarda calibre 12. 

Ainda de acordo com a PM, a troca de tiros aconteceu dentro da casa, sendo que um dos homens que cobrava a dívida, que não teve a idade divulgada, foi baleado nas costas e arrastado para fora da residência, morrendo antes de ser socorrido. Ele seria conhecido como "Carlinhos Bicheiro" e é de Ituiutaba.

Sobreviventes foram presos e fazendeiro segue foragido

Já o outro suspeito baleado conseguiu fugir e foi socorrido para o hospital de Campina Verde, tendo sido transferido para Uberlândia devido à gravidade do ferimento. Com ele, foi apreendida uma pistola calibre 380. O terceiro autor da cobrança foi preso em flagrante. 

Até o meio da tarde desta quinta, o fazendeiro seguia foragido. Ele é natural de São José do Rio Preto, cidade do interior de São Paulo. 

Leia mais:
Vítima de assalto segura arma de adolescente e consegue evitar roubo de moto em Contagem
PM detém grupo suspeito de roubar e matar casal de fazendeiros na Região Central de Minas
Após ser feito refém e agredido, idoso tem casa e carro queimados em Santa Rita de Caldas