Grades de proteção instaladas em avenidas de BH para barrar a prática de atividades ao ar livre, durante a pandemia, não são obstáculos a quem insiste em desrespeitar o isolamento social. Nesta quinta-feira (28), novos flagrantes mostram pessoas caminhando, correndo e andando de patins e bicicleta na avenida dos Andradas, na região Leste da capital.

A atitude contraria as recomendações das autoridades de saúde e pode favorecer o contágio pelo novo coronavírus. Médicos reforçam que, apesar da retomada gradual do comércio na metrópole, o alerta para ficar em casa permanece. 

Na manhã desta quinta, a movimentação era intensa na avenida dos Andradas. A pista de caminhada fica entre os bairros Horto e Santa Efigênia, perto do Boulevard Shopping. As pessoas simplesmente empurram as grades colocadas pela Guarda Municipal e acessam o local. A situação, segundo os próprios frequentadores, ocorre diariamente.

Não bastasse “furar” a quarentena, alguns frequentadores usam as máscaras de maneira incorreta - como sob o queixo - e há, ainda, os que ignoram o equipamento de proteção.

aab4668a-42c0-4f05-8851-23c54fddec63.jpg
Av. dos Andradas continua recebendo atletas amadores mesmo com a pandemia do noco coronavírus

Perigo

Nem mesmo o distanciamento mínimo de um metro e meio entre as pessoas é respeitado. O risco de praticar atividades ao ar livre, nessas condições, é atestado pelo infectologista Unaí Tumpinambás.

O médico reforça que BH não está livre da Covid-19 e, por isso, segue as medidas de enfrentamento à doença. "Ainda está valendo o fique em casa sempre que possível. Não estão liberadas atividades fora de casa", afirma.

Conforme Unaí Tumpinambás, que integra o Comitê de Combate ao novo coronavírus na capital, em último caso, aos que não conseguem fazer as atividades na própria residência, é preciso muita atenção. "Se sair, evite aglomerações e faça em horários extremos com pouca movimentação, como de madrugada ou à noite, e em ruas desertas", orientou o médico.

Patrulha

A Guarda Municipal informou que 2.064 agentes se revezam, dia e noite, para que todas as regras impostas pela prefeitura sejam cumpridas. "As abordagens a populares têm papel, sobretudo, educativo e preventivo, visando a conscientizar todos sobre a importância do uso de máscaras, de evitar aglomerações e de permanecer o mínimo possível nas ruas", disse a corporação.

Além da avenida dos Andradas, gradis foram instalados nas praças Lagoa Seca, JK, do Papa, da Assembleia e da Liberdade, e também no entorno da Lagoa da Pampulha.

Leia mais:
São Joaquim de Bicas inaugura hospital de campanha para pacientes com Covid-19
UAIs do Barreiro e Venda Nova serão reabertas na próxima semana
Pesquisadores monitoram o ar de BH para traçar rota de transmissão e contágio da Covid