O feriado prolongado da Proclamação da República terminou com 30 mortos nas estradas mineiras em decorrência de acidentes. O balanço contabiliza as ocorrências entre 0h de quarta-feira (14) e 23h59 de domingo (18). No total, foram 336 acidentes de trânsito nas estradas estaduais e federais que cortam o Estado. 

Somente nas rodovias estaduais e federais delegadas ao Comando de Policiamento Rodoviário da Polícia Militar, foram registrados 213 acidentes. Já nas rodovias federais de competência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram 123 acidentes. O total de feridos contabilizados pelas duas corporações é de 374. 

Como não houve feriado prolongado no ano passado, já que a data caiu numa quarta-feira, não há como comparar os números deste ano com 2017. No entanto, no último feriadão de 2018, o de Finados, que caiu no dia 2 deste mês, foram 23 mortes nas estradas em mais de 250 acidentes até o domingo (4). 

Fiscalizações

Somente o Comando de Policiamento Rodoviário realizou 2.928 operações nas estradas neste feriado de Proclamação da República. Foram fiscalizados 38.058 veículos, realizados 2.946 testes de bafômetro e presas 67 pessoas, sendo cinco por dirigir sem habilitação, 24 por embriaguez ao volante, 7 por outros crimes de trânsito e 31 por crimes diversos. E ainda:147 carteiras de habilitação foram recolhidas por irregularidades e 568 motoristas inabilitados foram autuados. 

Já a PRF contabilizou 4.232 veículos fiscalizados, 6.468 aplicações de multas por excesso de velocidade e 407 multas por ultrapassagem proibida. Além disso, foram realizados 3.131 testes de bafômetro, 65 autuações e 8 prisões por embriaguez ao volante. 

Leia mais:
Operação de feriado reduziu em 4% o total de acidentes graves, diz PRF
Motorista morre e passageiro fica ferido em acidente em Pará de Minas
Colisão frontal entre carro de passeio e caminhão deixa uma pessoa morta no Norte de Minas