Quatorze pessoas morreram nas rodovias federais que cortam Minas Gerais no feriado de Corpus Christi, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (7) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Já o total de acidentes chegou a 115, com 128 feridos. 

Desde a última quarta-feira (2), quando a corporação reforçou o policiamento ostensivo em pontos estratégicos de todas as regiões do Estado, 303 multas foram aplicadas em motoristas por ultrapassagens proibidas. Ao todo, 169 condutores foram punidos por falta do cinto de segurança e 15 pela falta de cadeirinha das crianças.

O total de multas por embriaguez ao volante chegou a 27 e cinco motoristas chegaram a ser presos por ingestão de bebida alcoólica antes de dirigir.

A ação, que contou com cerca de 800 policiais ao longo dos trechos mais movimentados e considerados críticos pelo alto índice de acidentes, fiscalizou 5.722 veículos.