Dois jovens morreram e pelo menos outros três ficaram feridos por bala após uma festa junina em Vespasiano, na Grande BH, na noite desse domingo (30). Segundo a Polícia Militar, o número de pessoas atingidas pode chegar a uma dezena, já que outros envolvidos podem ter procurado atendimento médico antes da chegada da corporação. 

O fato aconteceu por volta das 22h50. A rua São Carlos, no bairro Jardim da Glória, havia sido palco de uma festa junina legalizada (com alvará de funcionamento expedido pela prefeitura). Após o término do evento, diversas pessoas decidiram continuar no local para ouvirem uma disputa de funk entre dois automóveis. 

Testemunhas afirmaram à Polícia Militar que, em determinado momento durante a 'briga' de funk, dois motociclistas vestidos de preto chegaram ao local e atiraram contra a multidão. Um jovem de 20 anos morreu na hora, após ser atingido com dois tiros na cabeça. Sua morte foi constatada pelo Corpo de Bombeiros e, posteriormente, pela perícia da Polícia Civil. 

Outro jovem foi baleado e levado com vida ao Hospital Risoleta Tolentino Neves, na Vila Clóris, na região Norte de BH, mas não resistiu e morreu. Não foram divulgadas informações sobre idade e local do ferimento.

Além das mortes, pelo menos outros três jovens ficaram feridos por bala. Um deles, G. H. B., de 20 anos, foi atingido no peito e, de acordo com o Risoleta, está no bloco cirúrgico na manhã desta segunda-feira (1º). Um segundo jovem, T. H. P. S., de 21 anos, foi baleado no pé e também segue em cirurgia nesta manhã, desde que chegou ao local. 

Uma terceira vítima, E. H. M. C., de 20 anos, foi levada baleada no pé para a UPA municipal e não corre risco de morte. À PM, o rapaz afirmou que não viu de onde surgiram os tiros. 

Tiroteio 
 
A Polícia Militar confirma o número de dois mortos e três feridos, mas sabe que a realidade pode ser maior e chegar a 10 vítimas. O motivo está no fato de que, segundo testemunhas, outras pessoas procuraram atendimento médico por conta própria, em motos e carros, e não quiseram se identificar. 

Após varredura policial, foram localizados um revólver calibre 38, com númeração raspada, além de um cartucho intacto e projéteis, ambos de mesmo calibre.

A polícia divulgou a informação de que, segundo testemunhas, a dupla de atiradores não atingiu o alvo procurado. Os crimes teriam envolvimento com o tráfico de drogas na região. Ninguém foi preso até o momento. A investigação fica a cargo da Polícia Civil.