Três ocorrências de fiscalização em festas clandestinas e bares com aglomerações marcaram a madrugada deste sábado (26). As ações foram realizadas pela operação "Pacto Pela Vida", que reúne a Guarda Civil de Contagem e agentes de fiscalização municipal e da Polícia Militar. 

Com a função de conter aglomerações e fiscalizar estabelecimentos em desacordo com o decreto em vigor na cidade para conter o avanço da Covid-19, a operação interrompeu um evento com aproximadamente 400 pessoas, no município vizinho de Ribeirão das Neves.

Já em Contagem, a operação atuou na praça Estrela Dalva, onde cerca de 200 pessoas estavam na região. No local, havia 13 bares abertos em desconformidade com o decreto. As pessoas se dispersaram com o início da operação e os bares fecharam. Dois estabelecimentos foram orientados pela fiscalização e, em caso de reincidência, serão notificados. 

Por fim, um baile funk foi neutralizado antes mesmo do início, no bairro Industrial. O evento contava, no momento, com 30 pessoas que não utilizavam máscaras e estavam descumprindo as medidas sanitárias. O estabelecimento que promovia o baile foi autuado, interditado e embargado pela operação.