Pessoas de todas as idades se encantaram na manhã deste sábado (11) com uma intervenção inusitada e alegre na Praça da Liberdade, na região Centro Sul de Belo Horizonte. A Fundação Clóvis Salgado realizou um Flash Mob como um aperitivo da ópera “Rigoletto”, de Giuseppe Verdi, que será apresentada entre 18 e 29 de outubro, no Palácio das Artes.
 
Bailarinos da Companhia de Dança Sesiminas começaram a intervenção no coreto da Praça da Liberdade com uma encenação. De lá, levaram o público para a escadaria do Memorial Minas Gerais Vale, onde o tenor solista Jean Nardoto cantou trechos da ópera.
 
A ação foi acompanhada por dezenas de pessoas que passavam pelo local e se emocionaram, como a aposentada Sônia Carneiro, de 69 anos. Ela diz que adora o gênero musical e a intervenção atiçou a curiosidade para o espetáculo. “Não esperava essa apresentação. Sempre que posso acompanho ópera, mas é uma pena que são poucas atrações do tipo”, afirmou.
 
A presidente da Fundação Clóvis Salgado, Fernanda Machado, explicou que o objetivo do flash mob é convidar as pessoas para o evento, que terá ingressos a preços populares. “Todos os anos, exploramos a vocação operística de BH e esta ação quer mobilizar o público e mostrar que não é algo elitista ou seleto. É para todos”, afirmou.

 

Crédito do vídeo: Carlos Rhienck / Hoje em dia