O prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) e o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 se reúnem nesta quarta-feira (14). A possibilidade de reabertura das atividades não essenciais será tratada no encontro. A definição, porém, depende da melhoria dos indicadores da pandemia na capital.

Atualmente, apenas um dos índices de monitoramento do novo coronavírus está em nível verde. O número médio de transmissão por infectado (RT) está em 0,93, o que significa que, em média, cada 100 doentes contaminam 93 pessoas. O ideal é que o RT fique sempre abaixo de 1 para indicar que o contágio está em queda.

O problema maior está nos indicadores de ocupação de leitos, que seguem em vermelho. Conforme o boletim de sexta-feira (os dados não são atualizados aos fins de semana), a taxa geral de uso de unidades de terapia intensiva na rede SUS e suplementar está em 92,8%. Nas enfermarias está em 73,2%, também em vermelho.

O documento da prefeitura ainda traz os dados de ocupação separados por rede de saúde. Na sexta-feira, a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para atendimento a pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19 é de 96,8% na rede SUS-BH, que conta com 570 leitos para essa finalidade. Já na rede suplementar, que tem 587 vagas de UTI-Covid, o índice é de 88,9%. Veja mais no gráfico:

indice

Clique para ampliar

Cidade fechada

Belo Horizonte decidiu pelo fechamento do comércio e dos serviços considerados não essenciais em 6 de março. Além disso, no dia 23 do mesmo mês, proibiu o funcionamento, aos domingos, de supermercados, padarias, sacolões, lanchonetes, açougues e do Mercado Central.

Com as medidas, bares e restaurantes (exceto para delivery), cinemas, feiras, escolas, lojas de vestuário, academias, eventos e parques não podem funcionar em quaisquer dias da semana como forma de frear o avanço da contaminação por Covid-19.

Leia mais:
Confederação Nacional de Municípios pede coordenação para enfrentar Covid e nega estoque de vacinas
133 mil pessoas devem se vacinar contra a gripe em BH a partir desta segunda; veja onde se imunizar
Vítimas da Covid-19, três vereadores de cidades do Sul de Minas morreram no fim de semana