Menos agressivos do que os remédios veterinários convencionais, os florais têm se mostrado bastante eficazes no tratamento de distúrbios psicológicos e comportamentais em pets. Agressividade, indisciplina, hiperatividade e até aversão a crianças são algumas das indicações dessas substâncias.

Os florais são bastante consumidos por humanos, e algumas combinações de essências podem harmonizar também a energia interior de cães, gatos, pássaros e furões, segundo a farmacêutica responsável pela Bio Florais, Jociene Pereira Assunção. “Eles juntam as vibrações da energia das plantas e atuam no campo energético, tratando bloqueios e desequilíbrios”, explica.

A empresa fabrica 22 essências, sem álcool e com vitamina C, além de 51 plantas como princípio ativo nas composições. O produto tem preço sugerido de R$ 16,90 e pode ser encontrado em pet shops, clínicas e casas agrícolas.

Conforme a médica veterinária Daniela Fonseca, os florais não têm efeitos colaterais como alguns remédios tradicionais, que podem comprometer estômago, rins e fígado. A especialista administra os florais em Belo Horizonte e é procurada, principalmente, por pessoas que têm animais agressivos e hiperativos.

“Também é comum a utilização de florais em bichos que têm muito medo de foguetes e trovões, insônia, carência excessiva, sinais de automutilação por ansiedade ou são superprotetores com os donos, demonstrando ciúmes e até atacando quem se aproxima da pessoa”, cita.

Leia mais na Edição Digital.