O medo de um novo rompimento de barragem rondou os moradores de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (13). O barulho de um foguetório foi confundido com um alerta de empresa de mineração e provocou medo em comunidades do município.

O Corpo de Bombeiros, contudo, descartou o risco de deslizamento de barragem e informou que trata-se de fake news. De acordo com a corporação, o foguetório aconteceu nas imediações do distrito do Parque das Cachoeiras. Além dos moradores do vilarejo, a população vizinha também ficou com receio do barulho indicar rompimento de barragem. 

"Não houve alterações das condições da barragem B6, de acordo com o monitoramento", atestaram os bombeiros.

Tragédia

Em 25 de janeiro, a barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, rompeu-se. Cento e nove dias após o desastre, 238 mortes foram confirmadas e 32 pessoas continuam desaparecidas. 

As buscas pelas pessoas que permanecem sumidas prosseguem com participação de 143 bombeiros, 96 máquinas pesadas, um drone, além de cães farejadores. Nesta segunda, os militares buscas pelos desaparecidos em seis pontos diferentes. A previsão é que os trabalhos sejam encerrados às 2h da madrugada.