As fortes chuvas que atingem a região Central do Estado provocaram o transbordamento de água do dique da mineradora Minerita, entre Itatiaiuçu e Mateus Leme.

Segundo a assessoria de imprensa da Defesa Civil do Estado, não houve rompimento do dique. Agentes da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) também fizeram vistorias na área e não identificaram problemas.

O diretor de meio ambiente da empresa, Gustavo Gonçalves explica que uma erosão provocada pela chuva provocou o transbordamento de água. "Não houve vazamento de qualquer material tóxico, lama ou rejeito e não há risco para Itatiaiuçu ou qualquer outra cidade da região". O diretor também descartou qualquer risco de danos na estrutura.

Confira o vídeo feito pelo Corpo de Bombeiros ao sobrevoar a área:

As prefeitura de Itatiaiuçu e Mateus Leme informaram que realizaram fiscalização no local no dia 21 de dezembro. Em nota enviada à redação, o Corpo de Bombeiros afirma que sobrevoou a região e foi verificado um pequeno rompimento em uma barragem onde já estava sendo feitas obras de reparo.

"A barragem parecia conter apenas água com lama. Não houve impacto significativo, apenas a descida da lama em meio ao vale que segue a barragem. Sobrevoamos o local para verificar se haveria casas ou edificações que pudessem ser eventualmente atingidas por um novo rompimento, mas a área está livre".

Atualizada às 20h52

 

relevo mineradora minerita

NO MAPA - Transbordamento aconteceu na área onde predomina a cor marrom entre Serra Azul e Itatiaiuçu. Fonte: Google Maps