Uma equipe da MRS Logística que estava na locomotiva junto ao maquinista, flagrou o momento em que um guarda de cancela impede que um homem passe em frente a um trem. O fato aconteceu na passagem em nível da Rua Halfeld, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, no dia 18 de janeiro.

A MRS Logística, concessionária que opera a chamada Malha Regional Sudeste da Rede Ferroviária Federal S. A., atenta para a necessidade de se obedecer às normas de segurança. Segundo eles, a regra número um é seguir a orientação das placas afixadas nas passagens em nível, lembrando sempre de parar antes de cruzar a ferrovia, olhar para os dois lados e escutar.

Além disso, é recomendado que as pessoas não tentem atravessar a linha falando ao celular, checando mensagens ou usando dispositivos de áudio de qualquer tipo, pois eles podem desviar sua atenção da ferrovia.

A concessionária lembra, ainda, que a população pode ajudar a garantir a segurança da ferrovia. Assim, ao observar qualquer fator de risco, ou para denunciar irregularidades, o contato com a MRS pode ser feito pelo telefone 0800-979-3636.


Confira o vídeo do momento:

 

Abaixo, outras recomendações especiais que podem evitar acidentes:

- Pessoas idosas ou com dificuldade de mobilidade exigem atenção especial.

- Crianças não podem brincar na área da ferrovia e devem estar sob supervisão constante de seus responsáveis nas travessias.

- A área ocupada pela ferrovia e seus arredores é chamada faixa de domínio. Não é permitida a presença de pessoas estranhas à ferrovia nesta área, e a travessia da linha férrea só pode ser realizada em passagens em nível oficiais (para pedestres, veículos ou ambos), por passarelas ou passagens inferiores. É extremamente arriscado atravessar a linha em qualquer outro ponto.

- O uso de álcool e drogas tem sido uma causa cada vez mais frequente de acidentes envolvendo pessoas. Em alguns municípios, este índice chega a representar 20% do total de acidentes.

- Um trem pesa entre 3.000 toneladas (vazio) e 15.000 toneladas (carregado) e, por isso, pode exigir algo entre 300 e 1.000 metros desde a aplicação do freio de emergência até sua parada completa. Por seu peso, um trem não freia como um automóvel. Por isso, mesmo quando é possível identificar um obstáculo ou pessoa cruzando a linha inadvertidamente, na maioria das vezes não é possível evitar o impacto.

- Os trens são dotados de luzes de sinalização, de sinos (acionamento constante quando estão em movimento) e de buzina (acionadas antes das passagens em nível ou em qualquer situação de emergência). É fundamental que as pessoas estejam sempre muito atentas aos sinais sonoros de segurança, não usem telefones ou headphones nas travessias de PNs e olhem para ambos os lados ao cruzar a via.