A plataforma cloud, mais conhecida como nuvem, é aposta para agilizar os processos, reforçar a segurança das informações e reduzir os custos de empresas públicas e privadas de todos os segmentos. Mostrar a importância e as vantagens desse tipo de sistema foram foco de um treinamento realizado nas Faculdades Promove, no bairro Prado, na região Oeste de Belo Horizonte, na última terça-feira (30).

O “OCI Fast Track - Workshop Oracle Cloud Infrastructure” foi promovido pela instituição de ensino superior em parceria com a multinacional Oracle e a consultoria It One Information Technology. Operadores de banco de dados e analistas do uso da informação de 50 empresas instaladas em Minas Gerais, como Unimed, Oi e órgãos do governo do Estado, participaram da capacitação.

A iniciativa visou a mostrar como utilizar a plataforma cloud (nuvem) para criação de redes, banco de dados autônomos, cobrança, controle de consumo e backup (cópia de segurança) de informações dentro das corporações.

“A nossa faculdade está cada vez mais inserida no mercado de trabalho. É por isso que realizamos o evento com empresas de diversos segmentos, que têm em comum a visão vanguardista sobre a importância de ferramentas modernas”, explica o coordenador de Tecnologia da Informação (TI) do Promove, João Carlos Peixoto.

Apresentando a aplicação e hospedagem em Oracle Cloud pela primeira vez em Minas Gerais, o diretor de Soluções da Oracle, Weligton Pinto, destaca a representatividade econômica do Estado. “Nosso propósito é empoderar os negócios, incentivando e fomentando a tecnologia como agente financeiro. Minas é um polo com representatividade mercadológica nacional e que reconhece essa importância”.

Formação

Com a visão de preparar cada vez mais os estudantes para atuarem profissionalmente, as Faculdades Promove vai ofertar nos cursos de Tecnologia de Informação (TI), a partir deste semestre, uma matéria específica sobre cloud. “Eles sairão ainda mais preparados”, frisa João Carlos.

Segundo o coordenador, como Oracle Academy, a instituição de ensino aplica as ferramentas da multinacional, como banco de dados e linguagem de programação, em disciplinas ligadas às graduações.

“Reconhecemos que a teoria é de extrema necessidade, mas, também é preciso preparar os alunos para atuar, com potencial, nas necessidades do dia a dia”, destaca o professor.