A Funorte está com inscrições abertas para o curso de Medicina ofertado em Montes Claros, na região Norte de Minas, com uma novidade que vai facilitar a vida de candidatos de todo o país: a incorporação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como processo seletivo.

O lema da Funorte é "aqui todo mundo pode estudar!". A esta frase, o diretor-fundador da universidade, Ruy Muniz, acrescenta "inclusive Medicina". Candidatos de todo o Brasil podem usar as notas das provas do Enem realizadas em 2017, 2018 ou 2019. "Ele poderá escolher aquele em que teve a melhor nota", explica Muniz, que vê no Enem um dos processos mais democráticos de acesso à universidade. "Você faz a prova de qualquer lugar, sem precisar se deslocar", registra o professor. As inscrições estão abertas até o dia 1º de junho. 

Para ele, o curso de Medicina, que já formou cerca de mil profissionais, é um case de sucesso, que soube unir a cultura médica da região à experiência educacional de outras cidades. "Com uma metodologia inovadora, o curso tem a parte prática desde o primeiro período, além de estágios em diversas especialidades. O aluno também pode usar toda a estrutura de laboratório e do Hospital das Clínicas Doutor Mário Ribeiro da Silveira", assinala.

Esse diferencial pode ser percebido no índice de diferença de desempenho (IDD), que mede o quanto a universidade acrescentou à formação do aluno. Entre as faculdades de medicina de Montes Claros, a Funorte é a que teve melhor conceito: 4, quando o valor máximo é 5, destaca Muniz.

São números que explicam o fato de o curso de Medicina da Funorte chegar a ter de 40 a 50 candidatos por vaga. Para o próximo semestre, com aulas começando em agosto, serão 30 vagas pelo Enem, podendo ser mais, de acordo com Muniz, se outras 20 não puderem ser preenchidas pelo vestibular próprio da universidade - a administração aguarda a evolução da pandemia para marcar ou cancelar este exame.

Diretora do curso de Medicina e diretora acadêmica da Funorte, Thalita Pimentel afirma que a faculdade não está só preocupada em formar alunos, "mas também com onde eles irão trabalhar". "Como um dos primeiros trabalhos deles será a saúde familiar, realizamos convênios com cidades da região para que possam fazer estágios e criar oportunidades de trabalho", sublinha Thalita.

fachada

O HC é o hospital de referência em Montes Claros para tratamento de Covid-19

 

Pouco dias após os alunos do curso terem se formado, na semana passada, 25% deles já estavam trabalhando no Hospital das Clínicas para reforçar a equipe de apoio ao tratamento de coronavírus - o hospital é referência em Montes Claros, para o acolhimento de pacientes com Covid-19. O Doutor Mário Ribeiro da Silveira é particular, mas desde o ano passado está conveniado ao Sistema Único de Saúde.

Com equipamentos de última geração, é o principal espaço para a realização de estágios, em sete especialidades. "Não é uma faculdade isolada. Está dentro de um grande complexo com três décadas de história e que está em vários lugares do Brasil, como Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte. São mais de 30 cursos de graduação só em Montes Claros", aponta Thalita.

Inscrições

As inscrições para o curso de Medicina da Funorte serão feitas apenas pelo site da universidade (funorte.edu.br). As inscrições começaram em 7 de maio e vão até ás 23h59 do dia 01 de junho. O candidato deverá seguir as orientações contidas na tela, imprimir o boleto bancário e efetuar sua quitação (no valor de R$ 300) até a data de vencimento.

Mais informações podem ser obtidas neste link: http://funorte.edu.br/arquivos_up/documentos/fc24b909fe1c768ed6b0b75c0281b1f6.pdf