Uma pesquisa divulgada pelo site Mercado Mineiro, nesta segunda-feira (19), aponta para novo aumento no botijão de 13 quilos do gás de cozinha, que pode ser encontrado por até R$ 125 em Belo Horizonte e região metropolitana. Além disso, o preço médio chega a ser 17,7% maior, se comparado a janeiro deste ano.

O levantamento foi feito em 105 estabelecimentos da Grande BH, entre 13 e 16 de julho. As variações de preços entre estes locais chegam a 50%, com custo entre R$ 83 e R$ 125 quando comprado na portaria.

Para entrega no mesmo bairro, o preço pode variar até 42%, custando entre R$ 88 e R$125. Em relação ao cilindro de 45 quilos, as variações chegam a 65%, com preços que vão de R$ 300 a R$ 495.

“O preço médio do gás de cozinha aumentou muito de janeiro até julho de 2021. O botijão de 13kg, que custava em média R$ 84,81 em janeiro, passou para R$ 99,87, um aumento de 17.75% ou R$ 15.06, quando entregue na própria região. Já o botijão de 13kg quando se busca, custava R$ 77,83 e subiu para R$ 91,75, um aumento de 13.92% ou R$13.92”, diz a pesquisa.

Leia mais:
Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 6,31%
Saiba as diferenças entre as vacinas contra Covid-19 aplicadas no Brasil
Pesquisa mineira avalia potencial da serralha no tratamento contra vitiligo