Gerente de banco é morto após assalto em Guaxupé; bandido que trocou tiros com a PM também morreu

Luciano Dias
@jornlucianodias
20/05/2020 às 12:19.
Atualizado em 27/10/2021 às 03:33
 (Redes Sociais/Reprodução)

(Redes Sociais/Reprodução)

Guaxupé, no Sul de Minas, foi palco de uma tragédia na manhã desta quarta-feira (20). O gerente do Banco do Brasil da cidade morreu após ser baleado na cabeça durante um assalto. Um dos suspeitos também morreu em uma troca de tiros com a polícia.

De acordo com a PM, por volta das 8h, o funcionário da agência, a esposa e um filho foram feitos reféns, dentro de casa, pelos bandidos. Enquanto parte do bando ficou na residência com a família, outros criminosos foram com o gerente até o banco, na região central.

Cerca de 30 minutos depois, seguranças e funcionários da agência, que iam trabalhar, perceberam a movimentação estranha e acionaram a polícia. Após a chegada das viaturas, um dos criminosos atirou na vítima. Na saída, houve troca de tiros com os policiais e um dos integrantes da gangue foi baleado.

O gerente e o suspeito foram levados pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa de Guaxupé, mas não resistiram. A esposa e os filhos da vítima foram liberados perto de um clube do município, na divisa com Guaranésia.

Toda a área central da cidade foi cercada até a confirmação de que não havia mais suspeitos no banco. Ninguém foi preso. A polícia faz buscas na região para capturar a quadrilha.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por