Um homem foi preso após usar uma nota de R$ 420 para pagar um empréstimo feito por um idoso, de 75 anos, em Unaí, no Noroeste de Minas, nessa quinta-feira (29). A cédula falsa contém desenhos de um bicho-preguiça e folhas de maconha. Na residência do suspeito, que já tinha passagens policiais, foi encontrado um vaso com uma muda da droga, além de outras quantidades do mesmo material.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima relatou que recebeu uma visita do jovem, que tem 24 anos e era funcionário do vizinho dele, na semana passada. Na ocasião, o suspeito lhe pediu R$ 100 emprestados, o que foi atendido pelo idoso. Nessa terça (27), o homem retornou para fazer o pagamento e retirou da carteira a cédula de R$ 420.

A vítima contou à PM que, de imediato, estranhou e afirmou que não receberia o dinheiro. Porém, o rapaz teria se exaltado e dito que a nota era verdadeira, e que havia sido sacada de um caixa eletrônico em Unaí. O idoso recebeu a nota e ainda devolveu R$ 320 de troco.

apreensão nota 420

Agentes apreenderam drogas e dinheiro na casa do suspeito

Dois dias depois, o idoso decidiu acionar a corporação para relatar o crime. Militares deslocaram-se até a residência do rapaz, no mesmo assentamento da vítima.

No local, logo na varanda, os avistaram três vasos, sendo que em um deles havia uma planta semelhante à cannabis, com cerca de 10 centímetros de altura. No interior da casa, em um guarda-roupas, foram apreendidos dois tabletes de maconha, duas porções menores da mesma droga e R$ 56 em dinheiro.

Aos policiais e diante da vítima, o suspeito disse que sacou a cédula em um caixa eletrônico. O suspeito também afirmou ser proprietário da substância ilícita.

Leia mais:
Lei de proteção de dados prevê multa de até R$ 50 milhões; advogado explica as punições
Segurança Pública recebe reforço de 934 policiais militares no interior de Minas
Cinema: Mostra no formato drive-in com sessões gratuitas estreia neste sábado na Grande BH