A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a situação de emergência em 127 municípios da área mineira da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), afetados pela seca. Todos os municípios do Norte de Minas foram atendidos. 

Em 19 de maio, o governador Romeu Zema (Novo) já havia publicado o decretado o reconhecimento estadual. Com essa medida, as cidades podem receber ajuda como caminhão-pipa e cesta básica. Os produtores também podem se beneficiar com a renegociação das dívidas.
 
O governo federal liberou quase R$ 57 milhões para a perfuração de 790 poços e implantação de 2.194 cisternas em 191 municípios nordestinos. Cerca de 50 mil pessoas em todos os estados da região serão beneficiadas com as novas estruturas. Porém, de Minas Gerais estão inseridos apenas Espinosa e Jaíba. 

O presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) afirmou que o reconhecimento de Situação de Emergência vai amenizar a situação de seca vivida neste período. “Com essa medida os prefeitos terão melhores condições de planejamento nas ações de combate à seca. Todo socorro aos produtores rurais e às famílias afetadas pela seca é bem vindo. Vamos disponibilizar nossos departamentos de Assistência Social, Jurídico e Engenharia para auxiliar os prefeitos nesta demanda. Espero que o governo federal estenda essa ajuda para outros municípios da nossa região, além de Espinosa e Jaíba”, disse.

A Operação Carro-Pipa Federal é uma ação emergencial voltada a atender a população que sofre com a seca nas áreas rurais. Apesar de existir desde 1998, foi a partir de 2012 que começou a ser executada, por meio de acordo de cooperação entre a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do MDR e o Exército Brasileiro.

A solicitação de atendimento pela Operação é feita pelos municípios - com reconhecimento federal de situação de emergência em decorrência de seca ou estiagem - diretamente à Sedec por meio do Sistema Integrado de Informações Sobre Desastres (S2iD). A demanda é encaminhada ao Exército, que faz uma avaliação técnica em conjunto com a prefeitura. Constatada a necessidade, o município é incluído na operação e passa a receber água por meio dos carros-pipa.

Leia Mais:
Foragida há dois anos, ex-prefeita de Morro do Pilar é presa em Belo Horizonte
Indicadores da pandemia de Covid-19 caem em BH, mas situação ainda é de alerta
Com mais de 2,3 mil óbitos em apenas 24 horas, Brasil passa de 459 mil mortes por Covid