O governo de Minas informou nesta quarta-feira (15) que a gratuidade para idosos no transporte metropolitano será restrita para minimizar os riscos de contágio pelo novo coronavírus. A partir do próximo sábado (18), pessoas com mais de 65 anos vão poder usufruiu do benefício apenas nos horários entre 9h e 16h e de 20h às 4h.

A medida foi tomada pelo Comitê Extraordinário Covid-19 e quer evitar que este grupo, mais vulnerável a desenvolver complicações da doença, circule por terminais, estações e coletivos nos períodos de maior movimentação. 

O governo reforça que a mudança é excepcional e temporária. "A faixa estabelecida não os impedirá de acessar serviços essenciais, como comparecer a uma consulta médica ou ao banco, por exemplo”.

Dados do Sistema de Transporte Metropolitano mostram que no dia seis de abril, por exemplo, quando as orientações de isolamento social já estavam difundidas, cerca de 19 mil idosos circularam nos ônibus metropolitanos, sendo quase 7 mil nos horários de pico da manhã e da tarde. 

O controle de acesso dos idosos aos terminais, estações de transferência e aos ônibus será feito por meio da bilhetagem eletrônica, para aqueles que utilizam o cartão Ótimo, e também por funcionários das empresas que operam o sistema. A ação será mantida até o fim do estado de calamidade pública.