Um alento aos milhares de usuários do transporte público que vivem momentos dramáticos desde a última segunda-feira (8). A greve dos rodoviários de Belo Horizonte será suspensa, temporariamente, nesta quinta-feira (11). A informação é do Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de BH e Região (STTRBH).
 
Segundo o diretor de comunicação do STTRBH, Carlos Henrique, uma reunião entre o sindicato dos trabalhadores e o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) está agendada para as 16h na Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Minas Gerais (Fettrominas).
 
"Vamos paralisar o movimento, mas caso não ocorra um acordo a greve será retomada", garantiu Carlos Henrique. Nessa quarta-feira (10) o protesto chegou ao seu terceiro. Todas as Estações de Transferência Municipais do Move (Diamante, Barreiro, Pampulha, Vilarinho, Venda Nova e São Gabriel) estão fechadas e 104 linhas sem circular.
 
Além do fechamento das estações, sindicalistas, motoristas e cobradores fecharam as pistas exclusivas do Move nas avenidas Antônio Carlos e Pedro I, complicando o tráfego de veículos em diversos trechos da cidade. 
 
A BHTrans informou que implantou plano de contingência, enviando ônibus das linhas alimentadoras da estação Pampulha até o Centro, e, na estação São Gabriel, os usuários são direcionando para o metrô ou para as demais linhas diametrais. 
 
Paralisação
 
Apesar do acordo para suspender a paralisação na quinta-feira, a volta para casa ainda é problemática em Belo Horizonte. Segundo a BHTrans, no fim da tarde e início da noite desta quarta-feira, as estações São Gabriel e Pampulha começaram voltar a operar com linhas as troncais e alimentadoras. 
 
Na estação Venda Nova, as linhas alimentadoras estavam com operação irregular. A linha 623 ainda não circulava. Já as Estações Vilarinho, Diamante e Barreiro continuavam fechadas.