Enquanto acontece o enfrentamento à pandemia no novo coronavírus, a gripe "comum" - que não tem relação com a Covid-19 -  também faz vítimas em Minas Gerais. Neste ano, conforme boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), cinco pessoas morreram em decorrência de complicações do vírus influenza.

Os óbitos foram registrados em quatro cidades: Belo Horizonte (2), Borda da Mata, Juiz de Fora e Veríssimo. Outras doenças respiratórias graves - que não foram especificadas no boletim epidemiológico -, podem ter tirado a vida de 138 pessoas no Estado. As mortes estão em investigação pelos órgãos de saúde.

O levantamento, divulgado na segunda-feira (13), mostra que a capital lidera o número de notificações de óbitos em análise, com 22. Uberlândia (7), Governador Valadares (5) e Contagem (5) aparecem na sequência.

Até o momento, conforme a SES, 2.481 vítimas de doenças respiratórias graves, como asma, bronquite e pneumonia, tiveram que ser hospitalizadas desde janeiro.

vacinação gripe
Campanha de vacinação contra gripe segue até o dia 22 de maio

Campanha

Para conter o avanço da gripe em Minas, até 22 de maio os postos de saúde vão aplicar vacinas contra a influenza. Na primeira fase da campanha, as doses serão aplicadas, gratuitamente, em idosos e trabalhadores da saúde. A partir de quinta-feira (16), a imunização também passará a ser oferecida para profissionais das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo, além dos doentes crônicos. 

A última fase, que vai de 9 a 22 de maio, tem como meta atender crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas com mais de 55 anos, gestantes, mães no pós-parto (até 45 dias após o parto), população indígena e portadores de condições especiais. Os professores, que seriam contemplados na segunda etapa, vão participar em momento posterior, dado o fato de que as aulas estão suspensas.

Leia mais:
Prefeitura de BH recebe nova remessa de vacinas contra a gripe e campanha já foi retomada
Mais de 8,7 milhões de idosos já foram vacinados contra a gripe