A Guarda Municipal de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, fiscalizou neste sábado (16) vários comércios das oito regionais da cidade para verificar o cumprimento das medidas de isolamento social no combate ao novo coronavírus. 

O dono de um bar localizado no bairro Eldorado foi autuado por promover aglomeração. Segundo os agentes, no momento da ação, o local estava funcionando com a venda de bebidas alcoólicas e várias pessoas estavam sentadas em mesas do estabelecimento. Todos os clientes foram orientados a deixar o local.

Fiscalização GM

Já na avenida Gil Diniz, um comércio de caldo de cana e pastel foi fechado. O proprietário foi autuado por falta de alvará de funcionamento e excesso de clientes. 

A multa nesses dois casos pode chegar a R$ 30 mil.

Em outro ponto da cidade, um homem chegou a ser preso. Ele tentou fugir de um bar dirigindo um veículo, mas durante as averiguações, ficou constatado que ele não possuía carteira de habilitação.

Também neste sábado, um patrulhamento preventivo na lagoa Várzea das Flores flagrou um grupo de amigos que promovia uma festa. "Estava ocorrendo um churrasco, regado a bebida alcoólica e todas as pessoas estavam sem máscara. Foi feita a qualificação dessas pessoas. Essa autuação poderá virar multa no valor de R$ 500,00 a até R$ 5.000,00", explicou o comandante Levi de Souza Sampaio.

GM Contagem

Fiscalização de aglomeração na Lagoa Várzea das Flores, em Contagem

Uso de máscaras em locais públicos, distribuição de álcool em gel 70% e respeitar a distância mínima de um metro são regras do decreto publicado pela Prefeitura de Contagem.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Boletim Covid-19 - 16/5/2020 Acompanhe nossas redes sociais e se mantenha atualizado! 👍 #FiqueBem #FiqueEmCasa

Uma publicação compartilhada por Prefeitura de Contagem (@prefcontagem) em