Cinco policiais militares ficaram feridos, na  tarde desta quarta-feira (24), após a queda de um helicóptero da Polícia Militar (PM) durante um treinamento em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

Segundo a PM, o acidente aconteceu na MG-806, no bairro Fazenda das Lajes, por volta das 16h30. A aeronave Pegasus 14 teria caído dentro do Centro de Instrução da PM (CIPM) e pegado fogo após o impacto.

O Corpo de Bombeiros está no local combatendo o incêndio. Conforme a corporação, três dos feridos já foram liberados, sendo eles o subtenente Matos (escoriações leves), o major Leonardo (sem gravidade) e o tenente Neto (escoriações na mão e pancada na cabeça). Seguem sendo atendidos o sargento Ragner (pancada e corte na cabeça e corte profundo no glúteo) e o sargento Peter (fratura no braço esquerdo).  

Confira o vídeo:

O major Flávio Santiago, chefe da comunicação da PM, explicou que o helicóptero estava com cinco tripulantes no momento da queda. "O que sabemos é que ela teve uma perda de sustentação durante um treino, que é necessário. Num primeiro momento temos a informação de que os militares foram socorridos, mas não temos confirmação sobre a gravidade", explicou. 

Os feridos foram levados de helicóptero para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII, no centro da capital mineira. "O que sabemos é que eles conseguiram sair, mas a aeronave está em chamas. Em relação aos policiais, estamos checando a condição para fazer o repasse para todos da imprensa. Claro que primeiramente temos que verificar a situação dos nossos colegas de farda, mas posso dizer que a aeronave é segurada e, agora, vamos averiguar a situação", concluiu o major. 

Leia mais:
Médico morre em queda de aeronave na região Noroeste de Belo Horizonte
Tenente-coronel da Aeronáutica é uma das vítimas do acidente aéreo em Guapé
Avião de pequeno porte cai na Rodovia Dom Pedro I em São Paulo