Um homem de 35 anos é procurado em Sete Lagoas, na região Central de Minas, por suspeita de estuprar, ameaçar de morte e manter em cárcere privado a ex-namorada, de 42 anos. O crime teria acontecido entre a noite de sábado (30) e a manhã de domingo (1º).

De acordo com relato da vítima, o homem estava inconformado com o término do relacionamento de quatro meses e vinha fazendo ameaças de morte à ex-namorada. Na noite de sábado, ele bateu no portão dela de forma violenta, dizendo que queria apenas conversar com ela. A mulher permitiu a entrada do agressor.

Ao entrar na casa dela, o homem teria tentado passar a mão em seu corpo. Frente à negativa da mulher, ele teria ficado exaltado e a jogado no chão, provocando hematomas e escoriações. Ele teria então trancado a porta da casa para depois estuprá-la e mantê-la encarcerada até a manhã do dia seguinte, quando ele foi embora.

O homem ainda é suspeito de ter pegado um celular dela e quebrado outro aparelho. Policiais foram até a casa do suspeito, mas não o encontraram. A vítima recusou atendimento médico e foi instruída a procurar a Delegacia da Mulher.