Um homem de 64 anos foi esfaqueado até a morte após ameaçar matar a ex-mulher. Conforme testemunhas, ele teria ido à casa da ex-companheira para tentar reatar o casamento. Com a negativa, o homem teria xingado a mulher com palavras de baixo calão e depois dito que iria matá-la.

Um rapaz, de 27 anos, que é apontado como o atual namorado da mulher, pegou uma faca e desferiu vários golpes no idoso. Aos militares, ele disse que cometeu o crime para defender a mulher. A ocorrência aconteceu no domingo (25), no bairro Ribeiro de Abreu, região Nordeste de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Militar, durante a confusão, a vítima e o suspeito rolaram em um barranco de difícil acesso. Moradores da área conseguiram imobilizar o suspeito até a chegada dos militares. No local, os policiais usaram uma corda para puxar o idoso, que ainda estava com vida.

Ele chegou a ser encaminhado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Traição

A mulher contou que era casada com a vítima, mas terminou o relacionamento quando descobriu que havia sido traída. O idoso, contudo, não aceitava o fim do casamento. Conforme ela, no domingo o ex-marido foi até a casa dela tentando reatar o relacionamento. 

Com a recusa, ele teria reclamado que a mulher abandonou os filhos e teria a ameaçado de morte. Foi neste momento, segundo relato da mulher, que o rapaz pegou uma faca e desferiu na vítima.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes (Ceflan) 1 e será investigado pela Polícia Civil.

Leia mais:
Cavalgada termina com briga de vizinhos, morte de homem e linchamento de idoso no 'Córrego Harmonia'