Um homem de 32 anos foi preso em flagrante, em Conselheiro Lafaiete, na região Central de Minas, por falsificação de documentos públicos, como diplomas e históricos escolares. Durante as investigações, a Polícia Civil identificou o local em que  o suspeito imprimia os documentos falsificados. Ele foi abordado, saindo de uma lan house, em posse de dois históricos escolares. 

Os documentos foram apreendidos e levados à Secretaria de Educação do município logo após o flagrante, na semana passada. 

De acordo com o delegado Marcus Vinícius Vieira Rodrigues, responsável pelo caso, a investigação estava em curso pelo uso recorrente desses diplomas e históricos falsos nos processos de admissão de empresas da região.