Um homem de 45 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (23), suspeito de manter e comercializar répteis ilegalmente, no bairro Santa Tereza, região Leste de Belo Horizonte.

Agentes da Delegacia Especializada em Investigações de Crimes Contra a Fauna (DEICCF)  abordaram o suspeito na rua onde mora, no momento em que carregava uma caixa com animais que teriam sido encomendados. Ao ser revistado, foram encontrados dentro da caixa três iguanas e dois jabutis.

Ainda de acordo com a polícia, ele mantinha ilegalmente répteis exóticos e silvestres. Durante as buscas na casa do suspeito, os agentes encontraram mais três tartarugas Tigre D´água e duas cobras Corn Snake. No local também havia cinco munições de arma de fogo de calibres variados. 

De acordo com a delegada Carolina Bechelany, a operação foi importante para resguardar o bem-estar das espécies e reprimir o tráfico de animais silvestres na capital. “Temos focado nesse combate e, com certeza, novas operações serão desencadeadas com esse objetivo”, destacou Bechelany.

Após o flagrante, o suspeito foi conduzido ao Departamento Estadual de Investigações de Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema). Ele pode responder por posse irregular dos animais e das munições e também deverá ser indiciado pelo crime de maus-tratos.

Os animais foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).