Um homem foi preso nesta terça-feira (7), no centro de Belo Horizonte, ao ser flagrado transportando, em uma caminhonete, aves ameaçadas de extinção. Guardas municipais perceberam uma atitude suspeita do motorista e fizeram a abordagem, na avenida do Contorno, encontrando gaiolas com três araras e uma coruja.

De acordo com a Guarda Municipal, os animais estavam sem documentação e não possuíam anilha de identificação. As araras apreendidas são da espécie "Ara rubrogenys" conhecidas popularmente como ararinha-de-testa-vermelha - está na lista de espécies ameaçadas da União Internacional para Conservação da Natureza (IUC). 

Manter bichos silvestres em cativeiro sem permissão é crime. A pena pode variar em detenção de seis meses a um ano, além de multa. Caso o animal esteja ameaçado de extinção, a punição pode ser aumentada. 

Leia mais:
Coronel perde olho e esposa dele continua em estado grave após tortura na Grande BH
Motorista de caminhão tanque morre após capotamento em estrada na Zona da Mata