Um homem de 32 anos foi preso na manhã desta terça-feira (3), após agredir e matar a companheira em um açude, em Nova lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A motivação para o crime, cometido nesta segunda-feira (2), foi um desacordo com relação ao horário de deixar o local. 
 
Adalberto dos Santos Gonçalves foi apresentado pela Polícia Civil na tarde desta terça-feira. Segundo a delegada Renata Ribeiro, o homem já tinha sido preso em flagrante após espancar a vítima, Joice Cristina de Jesus, de 32 anos, em abril de 2014, que tinha feito pedido de uma medida protetiva contra o agressor.
 
No depoimento à Polícia Civil, Adalberto disse que estava com Joice no açude, consumindo bebida alcoólica. Por volta das 17h, o casal discutiu e ele a agrediu com socos e pontapés, provocando a queda da vítima nas pedras. “O homem afirmou que percebeu que a mulher machucou e esperou ela melhorar, mas só por volta das 20h30 viu que a companheira estava morta”, disse a delegada Renata Ribeiro.
 
O corpo de Joice Cristina de Jesus, de 32 anos, foi localizado com marcas de chutes e fratures. A causa da morte identificada pelo Instituto Médico Legal (IML) foi traumatismo craniano. A Polícia Civil continuará as investigações e irá buscar possíveis testemunhas da agressão. Joice morava junto com o agressor e ela deixou um filho de um outro relacionamento.
 
Adalberto, que já tinha passagens por envolvimento com drogas, confessou o crime e está recolhido no presídio de Nova Lima.
 
Atualizada às 17h27