Um homem de 38 anos foi preso após ameaçar agredir a ex-mulher, travar o trânsito com sua moto, bater no motorista de um ônibus e tomar o lugar dele na direção, colidindo com outro ônibus, danificando os dois veículos. O caso aconteceu na noite dessa quinta-feira (4), em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em estado de choque, o motorista do coletivo, que foi agredido pelo suspeito, precisou ir para o hospital. 

Segundo a Polícia Militar, testemunhas disseram que o homem surtou após ser rejeitado pela ex-mulher, de 46 anos. Ele havia a abordado na porta da casa dela, no bairro Floresta Encantada, e, como ela se negou a reatar o relacionamento, ele passou a ameaçá-la de morte. A vítima conseguiu correr para dentro de casa e fechar a porta e ele, então, começou a chutar o portão. 

Por uma greta entre o muro e o portão, a mulher conseguiu ver que a moto do ex-companheiro estava parada no meio da rua, atrapalhando o tráfego. Um ônibus da linha 6450 (Floresta Encantada - São Pedro/BH) precisou parar por causa da moto e buzinou. 
 
Neste momento, o suspeito entrou no veículo e agrediu o motorista, de 37 anos, com socos e pontapés e também quebrou os vidros do ônibus com chutes. O condutor abriu as portas rapidamente e os passageiros desceram correndo, antes de o suspeito tomar a direção do veículo. Ele seguiu dirigindo pela via por mais alguns metros até chegar ao ponto final, onde bateu em outro ônibus que estava parado ali. 

Após isso, o suspeito foi preso e, questionado pela Polícia Militar, ele disse não se lembrar de nada, mas negou atendimento médico. Já o condutor que foi agredido estava em estado de choque e precisou ser levado a uma unidade de saúde próxima. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves.   

Leia mais:

BH tem um furto após arrombamento a cada duas horas
Minas tem 36 casos suspeitos de sarampo registrados em 16 cidades