Um chamado no portão de casa era na verdade o anúncio de uma tentativa de homicídio, na madrugada deste domingo (31). Quando Juraci dos Santos Piedade, de 48 anos, foi atender a uma pessoa que gritava o seu nome na porta de casa, na avenida Costa Júnior, no bairro Nova Cachoeirinha, na região Noroeste da capital, ele foi surpreendido por quatro tiros, por volta das 1h10.

De acordo com os policiais do 34º Batalhão da Polícia Militar, Juraci foi socorrido para o Hospital de Pronto-Socorro Odilon Beherens. O estado de saúde dele, segundo o boletim médico divulgado aos policiais, é grave.

A vítima foi atingida por um disparo na mão, outro no pescoço e dois na região do abdômen. A suspeita é de que a autoria do crime seja um traficante de uma favela chamada “Aldeia”, na mesma região. A tentativa de homicídio será investigada pela Polícia Civil. Ninguém foi preso.