Um homem de 29 anos, condenado a mais de 70 anos de prisão por diversos crimes como homicídio, latrocínio e sequestro, foi recapturado pela Polícia Civil nesta terça-feira (14), em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

O criminoso havia fugido, em março deste ano, após pular o muro do presídio. Desde então, teria cometido pelo menos mais dois assassinatos e tentado matar outras duas pessoas. “Nós temos a informação de que ele fez uma lista, ao sair da cadeia, com 21 nomes de pessoas que pretende matar, e ele tem levado isso bem a sério”, conta o delegado Fábio Werneck.

Ainda de acordo com a polícia, ele é investigado como mandante em outras quatro mortes e apontado como líder de uma quadrilha de tráfico de drogas que atua no bairro Porto Seguro, também em Ribeirão das Neves.

As investigações apontaram que o homem agia sempre da mesma forma, indo até a casa dos desafetos e atirando nas vítimas dentro do imóvel. Em 30 de julho deste ano, matou um ex-parceiro de crime na frente do filho dele, de apenas 7 anos. Em agosto, também executou outro desafeto da mesma forma. A terceira vítima conseguiu fugir.

O quarto caso investigado ocorreu em Esmeraldas, na Grande BH. O suspeito teria tentado matar um homem que mantinha um relacionando com uma ex-companheira. Mesmo após ser atingido por vários tiros e, ainda ser atropelado, a vítima sobreviveu ao ataque.

Durante buscas na casa do foragido, os agentes encontraram mais de 18 quilos de maconha, 11 de cocaína, R$ 8,9 mil, uma arma de fogo, prensas hidráulicas e balanças digitais. “Acredito que o prejuízo que ele teve com essa apreensão seja superior a R$ 650 mil”, ressalta Werneck.

Prisão Foragido

Drogas, arma e dinheiro foram apreendidos na casa do foragido

Leia mais:

Homem é preso por agredir companheira e arrancar a cabeça dos gatos dela em Minas