Um homem de 50 anos foi preso suspeito de vender veículo com identificação adulterada na madrugada desta segunda-feira (1º), em Santa Luzia, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Outros dois homens, um de 22 e outro de 31 anos também foram detidos ciruculando em um Palio Weekend nessas condições.

A Polícia Militar (PM) foi acionada após uma denúncia de um veículo com doisindivíduos dentro estar circulando pela região de São João Batista em atitude suspeita. A PM abordou os rapazes e nada de ilícito foi encontrado com eles. No entanto, os militares decidiram verificar a documentação e chassi do carro, e decidiram buscar no sistema as informações do veículo. Ligaram para o responsável registrado e constataram que o veículo correspondente estava estacionado na garagem do endereço indicado pelo sistema.

Ao perceberem que se tratava de um veículo clonado, os militares detiveram os dois indivíduos. Um deles relatou aos policiais que informou que tinha feito um permuta na compra do carro. Ele teria trocado um UNO, avaliado em R$ 8 mil pelo Palio e ainda acrescentado mais R$ 6 mil na compra, totalizando R$ 14 mil.

A dupla indicou o endereço de onde adquiriram o automóvel. O dono da casa, conhecido como "Zé Bodim", permitiu a entrada dos militares e entregou a eles uma arma carabina, que foi apreendida.

No quintal da residência também foi localizado uma Fiorino com chassi adulterado. Os veículos foram apreendidos e rebocados.