Um novo caso de feminicídio foi registrado em Minas Gerais neste ano. Desta vez, a vítima foi uma fisioterapeuta de 37 anos, que foi morta a tiros pelo ex-companheiro. Além do assassinato, o suspeito também atingiu a filha de Milena da Silva Pereira Siqueira, que tem apenas 15 anos. 

Após a sequência de crimes, o homem, que tinha 45 anos, tirou a própria vida. O caso aconteceu por volta das 22h de quinta-feira (10) no município de Formiga, na região Centro-Oeste do Estado. Apesar da morte do suspeito, a Polícia Civil vai abrir inquérito para apurar o homicídio.

Violência

Conforme o Boletim de Ocorrência, a fisioterapeuta chegava em casa com a filha quando foi abordada pelo ex-companheiro. Ele tentou fazer com que Milena entrasse em um automóvel, mas ela teria se recusado. Então, o homem teria sacado a arma e disparado algumas vezes.

Os tiros mataram a fisioterapeuta e atingiram a adolescente, que foi socorrida e encaminhada para um hospital da cidade. Depois do feminicídio, o homem se matou. No automóvel dele, peritos encontraram uma corda, um facão, uma braçadeira, além de munições e remédios de uso controlado.

Medida protetiva

Segundo as investigações, Milena teve um caso extraconjugal com o suspeito por aproximadamente um ano. Consta que a esposa do homem tinha conhecimento do relacionamento. Em meados do ano passado, a fisioterapeuta terminou o caso com o homem, o que gerou atitudes violentas por parte dele.

No dia 4 de outubro do ano passado, a vítima procurou a Delegacia de Mulheres da cidade e informou que estava sendo ameaçada. Na ocasião, o rapaz foi preso em flagrante, mas deixou a cadeia após o pagamento de fiança. A Justiça emitiu uma medida protetiva e determinou que ele ficasse longe da fisioterapeuta.

O caso estava sendo acompanhado pela delegada da cidade, e consta que a fisioterapeuta informou que não estava mais sendo procurada pelo ex-companheiro. Contudo, constantemente ele passava em frente à casa dela.

Sepultamento

O corpo de Milena foi enterrado no cemitério Parque da Saudade, em Formiga, às 14h desta sexta-feira (11). Não há informações sobre o estado de saúde da filha dela, que continua internada.

Leia mais:
Deficiente físico mata ex-mulher grávida e sofre acidente durante a fuga em Esmeraldas
Homem que matou ex-mulher com facão é preso por feminicídio; pena pode chegar a 30 anos de prisão
Homem bate em mulher por não aceitar término; filha do casal assistiu a cena